Os esportes intervalados de alta intensidade, também conhecidos como esportes “stop-and-go”, como por exemplo voleibol, futebol, basquete e tênis, requerem coordenação, agilidade e concentração. As reações rápidas nesses esportes exigem explosões de energia, velocidade e potência.

Períodos alternados de força e velocidade intensas, com períodos curtos ou longos de descanso, envolvem todos os principais sistemas de energia do corpo. Portanto, as refeições e lanches ao longo do dia para esses atletas devem incluir uma mistura adequada de todos os alimentos e nutrientes.

A quantidade de alimentos e nutrientes necessários variam entre os atletas. Alguns fatores a serem considerados são:

  • A altura do atleta, peso, idade, taxa de suor, estágio de desenvolvimento, esporte que ele pratica e posição que joga.
  • Embora as quantidades variem, os carboidratos devem ser o principal componente na dieta de um jovem atleta para energia sustentada e desempenho ideal durante os eventos, especialmente torneios e partidas.
  • A proteína deve estar presente em cada refeição para a manutenção muscular e para ajudar na recuperação muscular após os eventos.
  • A gordura também é importante para a saciedade (sensação de saciedade), bem como para o desenvolvimento e funcionamento do cérebro e, potencialmente, para diminuir a inflamação. Saiba mais sobre gorduras saudáveis ​​para o jovem atleta.

 

Principais preocupações para o jovem atleta nos esportes intervalados de alta intensidade

 

Esgotamento físico precoce

Por causa da intensidade de alguns esportes radicais (como basquete, futebol, tênis e hóquei) e por causa da duração de alguns jogos (como beisebol ou futebol) e torneios (como basquete, futebol, tênis e voleibol), os atletas podem usar suas reservas de energia antes do final do evento. Isso se torna um problema especialmente se o atleta não tiver feito uma refeição ou lanche adequado no início do dia ou antes do evento e não trouxer lanches adequados para consumo durante o evento.

 

Lesão de fim de temporada

Se esse padrão de esgotamento continuar, a fadiga constante durante os eventos pode colocar o atleta em maior risco de lesões devido à diminuição das habilidades motoras e do desempenho. A má nutrição ou falta de combustível também pode levar à falta de nutrientes importantes, como proteína, gordura, ferro, cálcio e vitamina D, o que também pode aumentar o risco de um atleta de lesões como fraturas por estresse.

 

Desidratação

A desidratação é outro fator que contribui para a fadiga, mas também causa dores de cabeça e cãibras musculares no jovem atleta. Qualquer um deles pode levar à diminuição do desempenho e lesões. Uma preocupação especial são os jovens atletas que jogam no calor ou com equipamentos extras como futebol americano, softball e hóquei. A desidratação nesses jovens atletas pode levar a doenças provocadas pelo calor, se não for devidamente reconhecida e tratada.

 

Soluções nutricionais para o jovem atleta nos esportes intervalados de alta intensidade

 

Combustível e hidratação adequados antes e durante os eventos

Faça uma refeição balanceada pelo menos três a quatro horas antes do evento e um pequeno lanche logo antes, se necessário. Certifique-se de oferecer carboidratos de qualidade para manter os níveis de energia até o final dos jogos e torneios. As sugestões mais populares são fatias de frutas, frutas secas, biscoitos, pretzels, barras de figo ou bebidas esportivas como Xtratus Endurance, composto de múltiplos carboidratos simples de rápida digestão, sódio e minerais essenciais. Certifique-se de trazer bastante água, incentivando goles durante os intervalos.

 

Refeições balanceadas ao longo do dia

O prato de um jovem atleta deve consistir em:

  • Variedade de carboidratos – Misture com fontes como leite e iogurte, grãos inteiros, frutas e vegetais ricos em amido. Os carboidratos fornecem energia de curto e longo prazo para abastecer um treino, jogo ou torneio.
  • Proteína magra – a proteína é importante para reparar músculos rompidos e construir tecidos.
  • Gorduras saudáveis ​​- a gordura é importante para o cérebro em crescimento e tem potenciais benefícios antiinflamatórios.

As gorduras saudáveis, como as mono e poliinsaturadas, são importantes para o desenvolvimento e funcionamento do cérebro, auxiliam na absorção das vitaminas A, D, E e K e podem ter benefícios antiinflamatórios.

Obter carboidratos, proteínas e gorduras de uma variedade de fontes garante que o atleta também receba quantidades adequadas de outros nutrientes como cálcio, vitamina D e ferro, entre muitos outros. Comer calorias suficientes de carboidratos, proteínas, gorduras e esses nutrientes ajuda a promover uma recuperação ideal e previne lesões.

 

Hidratação

Beba líquidos de forma consistente ao longo do dia. Na maioria das vezes, o atleta deve escolher água e leite. Certifique-se de trazer bastante água para eventos, adicionando uma bebida esportiva (para eletrólitos e carboidratos) se possível sem outros ingredientes que possam agredir seu estômago ou intestino, se necessário.

Para aqueles que transpiram excessivamente, sal pode ser adicionado a bebidas ou lanches salgados podem ser incorporados em intervalos de meia hora, ou suplemente com Xtratus, formulado com o sódio necessário à melhor absorção e síntese da glicose no intestino.

0
    0
    Carrinho
    Carrinho está vazioRetornar à Loja
      Calculate Shipping
      Aplicar cupom
      ×